Ferramenta hidráulica para aplicação de conector tipo cunha, ferramenta para corte de cabos e aplicador de conexão de pressão

Um dos maiores problemas na manutenção de redes de energia elétrica refere-se às conexões de condutores. Estas são realizadas, normalmente, por meio de conectores do tipo cunha. Segundo dados da COELBA, cerca de 20% de suas ocorrências derivam de problemas de conexão vindas deste tipo de conector. Estudos de campo apontam para sua forma de aplicação, como principal empecilho para seu perfeito funcionamento, devido ao uso de ferramentas não qualificadas para a conexão. A FEERGS, juntamente com o Institutos Lactec e COELBA desenvolveu uma ferramenta de aplicação de conectores cunha, com os acessórios para corte de cabos, prensa terminal com acionamento por meio de baterias e funcionamento hidráulico. A ferramenta dispensa a utilização de cartuchos, furadeiras e outros dispositivos, realizando as tarefas com a mesma eficiência dos demais. Os ensaios realizados com esta ferramenta foram comparados às demais ferramentas aplicadas atualmente. Os resultados demonstraram que o produto desenvolvido apresenta os mesmos resultados dos demais equipamentos com a vantagem de não utilizar cartuchos, além de ser um  equipamento mais seguro ergonomicamente e possuir funções distintas em apenas uma ferramenta.

Nasceu de uma necessidade de desenvolver um equipamento que produzisse o menor nível de ruído possível para a realização de atividades no período noturno. Na cidade de Salvador, no estado da Bahia, a Lei 5354/98 exige que no período compreendido entre 22:00 e 07:00 horas sejam emitidos ruídos de no máximo 50 dB a 2,00 metros da divisa de qualquer imóvel para atender NBR 10152. Desta forma a COELBA solicitou o desenvolvimento de um equipamento que possibilitasse a realização das atividades no período noturno de forma a atender as características técnicas necessárias e a respectiva legislação municipal. Tal ferramenta seria utilizada para a aplicação de conectores cunha, realização de corte de cabos e aplicação de prensa terminal. Portanto, este desenvolvimento se tornou um grande desafio ao aliarmos uma ferramenta hidráulica que não produzisse ruído e obtivesse a pressão necessária para garantir a correta aplicação de todas as funções determinadas.

A partir deste desafio, o projeto evoluiu por várias fases até obtermos o produto final. Os testes realizados com a ferramenta hidráulica foram executados de forma comparativa, ou seja, de acordo com as ferramentas equivalentes disponíveis no mercado e atendendo as normas técnicas desejadas. Com relação às ferramentas para corte de cabos e prensa terminal, qualificamos os testes sob o aspecto de aplicação, através da quantidade de operações realizáveis em função da carga da bateria. Portanto, além de cumprir com o objetivo central determinado pela COELBA, este equipamento trouxe inovação e praticidade as atividades por ele desempenhadas, adaptando em apenas uma ferramenta, três funções distintas.

Desenvolvemos uma única ferramenta com características multifuncionais, de forma a aplicar conectores cunha, prensa terminal e realizar corte de cabos. Com os resultados obtidos nos ensaios de resistência elétrica e ciclo térmico com nevoa salina simultaneamente, foram monitoradas a variação de temperatura e a resistência elétrica de contato em cada conector cunha. As conexões realizadas com a ferramenta hidráulica apresentaram comportamento similar ou superior a algumas ferramentas disponíveis no mercado nacional. Com relação ao ruído gerado pela ferramenta hidráulica de 50 dB durante sua utilização, este fato permite a aplicabilidade da ferramenta hidráulica na manutenção da rede elétrica inclusive no período noturno.

 

Comments are closed.